Presentes gregos de natal


Acho caído neguinho que nao mastiga e bebe café ou leite ou os 2 juntos pra o pao com presunto ou queijo ou patè descer goela abaixo, é uma cena tosca. Um dia o Alex me contou no café da manha que um camarada dele no jardim fazia tal tosquice. Cada um com o seu cada um, Alex aproveitou a descricao da cena e ja foi dando a sua nota negativa pra aquele costume. Expliquei que provavelmente na casa do garoto a pai dele fazia isso, nós fazemos diferente.

Sempre conversamos na mesa do café, eu, Katarina e o Alex. Já observamos que muitas famílias só usam o carro para levar e apanhar as crianças nos lugares. Mesmo em dia sem correria do trabalho volta as pessoas a usarem a porra do carro, as pessoas se acostumam, se acomodam. Com isso as crianças daqui se tornam ignorantes da geografia de seus bairros.  Dei uma oportunidade maior aos meus filhos, penso eu.

Andar, passear, dá espaço também pra mais conversa. Numa dessas, Alex perguntou por quê não havia eles avó no Brasil.  Eu, na minha época de jardim de infância, perguntei à minha mae o que ela costumava fazer com seus avós. Curtia os meus pacas e certamente achava que o mesmo deveria ter rolado com a minha mae. A minha avó dedicava-se a ler, escrever e assistir filmes comigo. Já o meu avô me ensinava a costurar e fazer pastel.

A minha mae me respondeu que não teve avós praticamente. Seus avós paternos ela nunca conheceu. O avô dela materno morreu quando ela era pequena, das vezes que ela teve oportunidade de estar com ele, meio que estava pegando ele emprestado de uma outra família. Ele se casou com uma senhora portuguesa depois da viuvez e essa segunda esposa dele já tinha filhos. Os netos dessa senhora se apossaram do cara como fosse seu avô biológico. Nem dá pra explicar isso pra as crianças…  Essa senhora, de uma forma era avó postiça da minha mae, era a encarregada de comprar presentes de natal e dava lembrancinhas baratérrimas para os netos todos do seu Antonio (meu bisavô materno), mas se esmerava em comprar uns presentes mais adequados aos filhos de suas filhas do primeiro casamento.

figueiredo
Pense Bruce Willis daqui a 10 anos

Cara, ouvi incontáveis vezes a minha mae lembrar dessa passagem triste. E por isso mesmo ela não poupava para dar os melhores presentes para mim e meu irmão nessas datas especiais como o aniversário e o Natal. Não via necessidade de tanto luxo pois deixava claro pra ela que o que me fazia sentir rica era justamente o fato de que meus 4 avós estavam ali no meu bairro em carne e osso e sempre os via. Um monte de camaradas meus na primeira série da escola não tinha sequer 3 avós. Eu mesma fiz uma enquete rápida em 1981, o presidente era o Figueiredo, um militar bronzeadíssimo, que mal tirava os óculos escuros ou dava um sorriso.

Nunca vi neguinho falar mal dele. Se assim o fizessem alguém iria lá avisar desse gesto ilegal e a pessoa presa. Hoje o chefe da nação é uma mulher e ela é constantemente criticada. Ela é criticada porque respeita o sistema democrático de que o cidadão pode se expressar livremente, porque é uma mulher e porque dividiu com bem menos diferença a pedaços do bolo eliminando os números avessos de fome e analfabetismo que o Brasil tinha.

Mas tarde na minha vida conheci pessoas que seus 4 avós se sobressaíram em seus ofícios. Seja o que fossem  passavam sua experiência profissional de forma secreta aos seus filhos e netos.

A Zélia Gatai descreveu em seus romances como rolava com os imigrantes em Sao Paulo. Quando eram do norte da Itália, botavam direto as garotas na escola, não havia problema. As escolas estavam se alargando, se adaptando para atender toda essa demanda que em 20 anos duplicara. Todavia turcos, portugueses & sicilianos respondiam de tal maneira a oferta:

– Menina aprender a ler, pra quê? Mandar carta para namorado?

No Brasil e no resto do mundo é bastante nítido que aqueles que freqüentaram uma boa escola tendem a dar à seus filhos mais educação e obviamente eles se esmerarão em dar mais ainda aos seu futuros rebentos. Cerca de 200 a 100 anos atrás em lugares como Inglaterra, EUA, Italia (norte apenas), Franca (também norte) & Russia sabiam que se depender dessa fórmula, o país não vai pra frente porque a nação em si é inoperante. Nesses países tiveram a ousadia de dar educação as meninas fora do padrão burguês e nobiliárquico. Não é atoa que se encontra maior número de artistas, cientistas, inovadoras, escritoras nesses mesmos países.

Semana passada, abrindo a sessão natalina, que comemoramos o nascimento de um rebelde e ativista de uma outra era, uma mulcumana é laureada como a mais nova ganhadora do Nobel da Paz, conduzido aqui pertinho em Oslo. Estavam cortando com sua acessibilidade ao estudo. A família dela detinha uma centro comunitário de estudo, ou seja, uma escola improvisada, infelizmente arruinada pelo Taliban. Criaram nela desde o inicio um apreço ao estudo, seja como forma de esperança pra um mundo melhor, seja como forma de escape no mundo hostil que ela se encontra. O trabalho da Malala é simplesmente existir & saber ler. Ela se tornou a adolescente mais famosa do mundo por causa disso, sua simpatia é comumente revistada como uma Anne Frank da atualidade. Seus ideais são positivos, mesmo que em tempo ela não tenha feito nada de concreto, o maior legado é ter sobrevivido ao seu atentado e escrito um blog sobre o caso.

recusao
Sweetst thing, definitivamente

3 vivas pra Malala que já coleciona 39 prêmios mal sabendo  matemática, literatura, culinária, ciências ou qualquer esporte. Sao prêmios dos mais cobicados que validam ela como a mais doce pessoa sobre a terra neste ano 2014. Adoraria ter eu o Flavia Viland’s bianual prize for the Sweetest Thing, aonde concederia prêmios a pessoas que fazem o nosso mundo menos indigesto, com menos ódio. Afinal, sonhar pouco é besteira.

Em contra partida muita gente no Brasil cheio dos canudo, das medalhas locais, até pendurados em parede... Não sabem porra alguma, nem do que estudaram, nem o que são. Como eu disse pro Alex, cada um com seu cada um, eu portanto ensino o que eu acho verdade para os meus filhos. O que o futuro mostrará para aqueles que persistem em ensinar a odiar…?

Anúncios

Publicado por: This Leksus

Naturalmente carioca da gema. Levantei a bandeira da união dos estudantes em 1990. Depois que vi que a bandeira era tipo lilás, caí fora, mas mantive contatos do setor cultural aonde fui a curadora por 2 anos seguidos no periódico e da rádio interna. Essa mídia chegava à 2000 estudantes em 1992. Participei de cursos de pintura abstrata com Mollica (1947-2013) e desenho Modelo Vivo com Giancarlo Bonfanti na Escola de Artes Visuais do Parque Laje de 1987-1992 e em outros institutos de arte. Estudei na USU, UERJ & UFRJ, arquitetura e urbanismo, Educação artística & Figurino respectivamente. Meu primeiro projeto foi a fonte do Banco do Brasil com seu logotipo, nas dependências da Agencia I do Banco no Rio de Janeiro. Em 1995, cursei por um breve período a Escola Politécnica de Lisboa, aonde desenvolvi uma tese sobre o Manuelino. Muitas descobertas, e não parei de fazer cursos extras em outras grandes universidades cariocas. Senai Cetiqt, Universidade Candido Mendes, UIS (Noruega). Trabalhei com Alexandre Hercovich para Semana da Moda no Rio em 1997. Nos anos seguintes criei o cenário e costumes para a peça Frida Kahlo no Teatro do Museu do Catete. Nessa época comecei a trabalhar como Dj e me destaquei na área até 2010, quando decidi encerrar essa atividade e me dedicar a gravura & tradução. A partir de 2005, anualmente, faço instalações e exibições de pinturas, desenhos, edições de livros, mosaicos e gravuras. Em 2010 comecei a me infiltrar na área de tradução e interpretação, também como uma ação social. O que faz voltar intensamente para escrita e leitura, e me dispersar pra outras línguas, como dinamarquês, francês, italiano & espanhol.

Categorias atualidade, cronica, memóriasTags, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , Deixe um comentário

Qual seria a sua perspectiva sobre esse assunto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s